Sobre a endometriose

Não basta ter apenas ter tendência à endometriose, é preciso um ambiente propício.


Com inflamação e hormônios desregulados.


Que a endometriose é a presença de endométrio (recheio do útero, onde o bebê se fixa quando engravidamos) fora de sua localização habitual todo mundo já sabe. Agora, por que ele está lá é a grande pergunta que ainda não conseguimos responder.


O que sabemos é que 1 a cada 10 mulheres vai ter a doença e nem todas terão sintomas. Aquelas que desenvolvem, podem apresentar desde dor crônica até absolutamente nada. Zero sintomas. Só descobrem por uma ecografia ou cirurgia abdominal.


Outra informação importantíssima que temos sobre a endometriose é que ela tanto gera, quanto pode ser desencadeada pela inflamação do organismo.


Excesso de refinados, ultraprocessados, produtos alimentícios, sedentarismo, cigarro, pesticidas entre outros velhos conhecidos podem gerar inflamação e, por consequência, determinar aparecimento ou piora dos sintomas da endometriose.


E os hormônios sintéticos são o único tratamento?


Nada disso!


Eles são apenas UM dos tantos remédios que podemos usar, e pior, ele sozinho não faz milagres. Se os fatores de inflamação não forem removidos da sua vida, é muito provável que a doença piore mesmo com o anticoncepcional.


Quanto à desregulação hormonal, tá cheio de post aqui ensinando a “arrumar a casa” e regular naturalmente seu ciclo.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo