Afinal de contas, como é a consulta de Ginecologia Natural?

Afinal, o que é essa consulta de Ginecologia Natural?


Cuidar da sua saúde vai muito além de visitar seu médico regularmente para deixar os seus exames em dia. Exame é apenas uma parte do que diz respeito à saúde.


A Ginecologia Natural não é uma subespecialidade médica, é uma abordagem que visa a consciência corporal e emocional para identificar quais situações, comportamentos e emoções que desencadeiam cada tipo de doença, distúrbio ou irregularidade. Esse método possibilita que o diagnóstico e tratamento sejam capazes de enxergar o corpo como um organismo integrado, com todos os seus órgãos interligados e conectados, funcionando de forma conjunta e correspondente.


O objetivo é que a mulher seja a protagonista, a responsável pela própria saúde. Meu papel é te orientar. Caminhamos juntas em busca da autonomia.


Cuidar da saúde é saber se alimentar bem, praticar exercícios, dormir o suficiente para descansar, meditar, analisar com cautela os produtos e cosméticos que usa em sua pele, cabelos e unhas. Saber nutrir o corpo e a alma.


Você tem saúde quando suas escolhas são coerentes com a vida e o futuro que você deseja ter e, também, quando entende que o amanhã é construído no agora.


Ir ao medico todo ano para que ele te solicite exames e "te libere" pra consulta do ano seguinte não é garantia para uma vida saudável.


A consulta de Giencologia Natural pensa em promover saúde.


E isso envolve orientar sobre autocuidado, falar sobre a importância de controlar o stress e cuidar da suas saúde mental, explicar medidas de prevenção de doenças através das mudanças de hábitos e dar à paciente a responsabilidade - e as informações necessárias - para colocar em prática atitudes que melhorem sua qualidade de vida.


Ginecologia Natural tem como objetivo orientar a mulher sobre as questões de suas características para que com conhecimento e, principalmente, autoconhecimento, ela possa escolher o que julga melhor para si.


É escutar mais e medicalizar menos.


É respeitar a autonomia e o protagonismo da mulher.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo